Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2014

Fases da Vida Cristã

A vida Cristã nos apresenta muitos desafios durante a caminhada em direção ao céu. É comum ouvirmos prédicas que nos levam a refletir sobre a importância de exercitarmos nossa fé ante aos problemas da vida - frases como "Jesus venceu, você também vencerá", "Em Cristo Jesus somos mais que vencedores", etc. Alinhado a essa colocação, eu gostaria de propor a reflexão sobre algumas possíveis fases da vida Cristã, nas quais cada cristão é desafiado a ter seu comportamento pautado na Palavra de Deus .  1. Fase do descobrimento:  Tudo é novidade, tudo é lindo - alguns chamam de primeiro amor - aqui o Cristão é chamado ao desafio de ser moderado, equilibrado emocional, espiritual e socialmente, ele precisa desenvolver o fruto do Espírito; 2. Fase da paixão: Coloca-se adesivo no carro, só se ouve música cristã, os estudos na igreja são maravilhosos, pregações e orações sempre são interessantes, não se pode faltar nenhum evento, a galera da igreja é a melhor do

Chamados por Deus

"Quando passamos a entender o chamado de Deus e nos entregamos, pouco a pouco vamos sendo transformados ao formato necessário para o objetivo para o qual fomos chamados. “E todos nós, com o rosto desvendado, contemplando, como por espelho, a glória do Senhor, somos transformados, de glória em glória, na sua própria imagem, como pelo Senhor, o Espírito”.               2 Coríntios 3:18  Uma vez prontos, recebemos o conteúdo, a presença de Deus. Somos frágeis, Ele nos faz fortes. Somos inconstantes, Ele é fiel. Somos desprezados, Ele nos procura. Somos imperfeitos, Ele é perfeito. Somos vasos, Ele está em nós. O poder de Deus se aperfeiçoa na fraqueza do homem. A Bíblia não quer apenas explicar a sua fé, mas dar sentido ao servir a Deus. Falar sobre seu cotidiano, seus relacionamentos, seus negócios, sua vida devocional, sua vida de trabalho na igreja. Não podemos nos comportar como um grupo de autoajuda quando nosso objetivo é ser igreja

Em parte conhecemos

Analogia de Karl Barth sobre nosso conhecimento com respeito a Jesus: "Um homem está em uma janela observando a rua. Lá fora, as pessoas estão fazendo sombra com as mãos sobre os olhos e olham para o céu. Por causa da arquitetura do edifício, o homem não consegue ver para o que estão apontando. Nós, que vivemos dois mil anos depois de Jesus, temos uma perspectiva semelhante à do homem que estava na janela. Ouvimos os gritos de exclamação. Estudamos os gestos e as palavras nos evangelhos e os muitos livros que geraram. Mas, por mais que estiquemos o pescoço, não teremos um vislumbre de Jesus na carne."

Curados por Cristo

"Um cego à beira do caminho clama: “Jesus, filho de Davi, tem compaixão de mim” –  Lucas 18:35-43. Um cobrador de impostos corre para ver Jesus – Lucas 19:1-10. A multidão comprimia Jesus de modo que o clamor do cego não era ouvido e a visão do cobrador de impostos impedida de alcançar o mestre Jesus. Para piorar a situação do cego, alguém o manda calar a boca, pois o mestre não o ouviria. No entanto, cada vez mais alto ele clamava: “Jesus, filho de Davi, tem compaixão de mim”. O cobrador de impostos sobe em um pé de figueira, por ser de pequena estatura. O cego precisa ser ouvido por Jesus. O cobrador precisa ouvir Jesus. O primeiro está à beira do caminho. O segundo em cima de uma árvore também no caminho. Jesus passa pelo caminho. O clamor é ouvido. Zaqueu é visto. Ao cego Jesus pergunta: “O que queres que eu te faça?”. Para Zaqueu Ele diz: “Hoje me convém pousar em sua casa.”. O cego tinha um problema no corpo

Culto de Louvor e Adoração

Para leer en español, haga clic aquí:  http://cristaobsb.blogspot.com/2020/02/culto-alabanza-y-adoracion.html "Todo louvor deve conduzir a adoração, se louvar é bom, adorar é muito melhor..." "Um culto verdadeiro proporciona aos que dele participam: segurança espiritual, comunhão e reconhecimento mútuo, santificação, visão transformadora, evangelização e alegria espiritual. Também podemos destacar a vitória sobre a carne, sobre as emoções negativas, fortalecimento na fé e firmeza na palavra de Deus. Acima de tudo, o verdadeiro culto leva os servos de Deus à maturidade espiritual e isso significa levar a igreja à unidade como corpo de Cristo. Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem" (Jo 4:23). Todo louvor deve conduzir a adoração, se louvar é bom, adorar é muito melhor. No louvor você louva por causa dos feitos de Deus, na adoração voc

A Graça que Elege

  No Antigo Testamento encontramos a graça soberana de Deus como elemento primordial no processo de constituição do seu povo. Os personagens envolvidos com o plano divino não possuíam algo que pudesse fazer com que Deus as escolhessem - veja que o último dos patriarcas no livro de Genêsis é um indivíduo complicado que se mostra um exímio enganador, no entanto, ele foi escolhido para ser pai daqueles que precederiam as doze tribos de Israel e mais, de onde viria o salvador; a saber, Jesus o Cristo. No processo de constituição encontramos a graça que elege apesar das virtudes ou defeitos que alguém possa ter. Veja a seguinte disposição que aponta para a manifestação graciosa de Deus em eleger pessoas:   O filho mais velho de Abraão era Ismael, mas foi Isaque quem recebeu a promessa; O filho mais velho de Isaque era Esaú, mas foi Jacó quem levou a benção a frente; O filho mais velho de Jacó era Rúben, mas seria de Judá que surgiria a linhagem messiânica. Estes hom

ATROPOLOGIA TEOLÓGICA DA SALVAÇÃO

"Por isso, a salvação aponta muito mais para o futuro que para o passado, para o que podemos ser e seremos, muito mais que para o que fomos"... ANTROPOLOGIA TEOLÓGICA DA SALVAÇÃO  "A vida e a ação de Jesus mostram, claramente, que a salvação que Ele realiza em nome de Deus não é tirar-nos de nossa humanidade mas, antes, tirar-nos daquilo que nos impede de sermos humanos. É nesse sentido que podemos entender, por exemplo, os relatos evangélicos que narram as curas e os exorcismos operados por Jesus: são gestos salvadores que devolvem às pessoas a plena capacidade de humanidade. Nesse sentido fica mais fácil entender que a salvação não é apenas conserto da natureza corrompida pelo pecado, mas muito mais que isso, ela é dom, acréscimo, dádiva, graça, excesso, abundância. Não se trata de refazer o que o humano foi, mais de dar realização plena às suas potencialidades, isto é, fazer com que o humano seja aquilo que é chamado a ser. Por isso, a salvação aponta muito

Peneiras da palavra

Três são as peneiras da palavra: Verdade - só devemos falar o que for verdade  Proveito - só devemos falar o que é proveitoso Momento - só devemos falar no momento certo  Ao falarmos devemos considerar se o que estamos falando é verdade ou apenas boato. Não podemos reproduzir nada sem antes uma boa peneirada na peneira da verdade. A mentira não agrada a Deus, antes é filha do próprio diabo."(...) é mentiroso e pai da mentira" (Jo 8:44 última parte) Após termos peneirado na peneira da verdade, devemos então usar a peneira do proveito. Nem tudo que é verdade deve ser dito - sinceridade demais quebra relacionamentos, traz feridas ao coração. Evite falar o que não tem proveito. Sua palavra tem que ser como semente, deve produzir frutos de alegria.  A última peneira se refere ao tempo certo de falar, pois em alguns momentos temos algo que é verdade que é proveitoso, mas só devemos falar no momento certo. Evite falar demais, a bíblia diz: "Como