Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo política

ELEIÇÕES 2022 - ORIENTAÇÕES PASTORAIS

Orientações pastorais sobre as eleições de 2022:  - ore pedindo a Deus discernimento espiritual e humano com respeito aos candidatos.  - leia com atenção as propostas de governo de cada candidato.  - analise o histórico pessoal e político de cada candidato.  - considere como opção candidatos que defendem a paz, a democracia, a independência e harmônia dos poderes da nação, a assistência social aos mais vulneráveis, a saúde e educação de qualidade para todos, a geração de emprego, a formação e capacitação de profissionais, os direitos trabalhistas, a liberdade religiosa, a família diversa, a diversidade de gênero, identidade de gênero e orientação sexual na sociedade, e os projetos de proteção e valorização dos nossos recursos naturais.  - converse consigo sobre as tuas próprias necessidades e de que forma as propostas apresentadas pelos candidatos te contemplarão.  - analise as propostas apresentadas na perspectiva do coletivo. Como essas contemplarão as demais pessoas do t

DESEMPREGO E INSEGURANÇA FINANCEIRA PIORAM ENTRE OS LGBTQIA+, DIZ ESTUDO

Quase metade (44,3%) das pessoas LGBTQIA+ tiveram suas atividades totalmente paralisadas durante isolamento. 40% dos LGBTQIA+ e metade das pessoas trans (53,35%) não conseguem sobreviver sem renda por mais de um mês caso percam sua fonte financeira hoje e uma em cada quatro perdeu o emprego em razão da covid-19. Esses são os resultados de uma pesquisa online com grupos distintos de classe social, idade, gênero, raça e escolaridade, pelo Vote LGBT+ e pelo Box1824. Para comentar os resultados da pesquisa, a  Bússola  conversou com Larissa Medeiros Rocha, advogada da área trabalhista do BMA Advogados. “A pesquisa evidencia que, como resultado do preconceito, grande parte das pessoas LGBTQIA+ vive em situação de fragilidade profissional, amplificada pela pandemia. É um cenário que precisa ser mudado. Quando falamos sobre a garantia dos direitos da comunidade LGBTQIA+, não podemos esquecer do direito ao trabalho e ao desenvolvimento profissional”, afirma. Dados da Pesquisa Nacio

LÍDERES EVANGÉLICOS NO PLANALTO MANCHAM O CRISTIANISMO PROTESTANTE

O trânsito de líderes evangélicos no planalto tem sido alvo de muitas críticas por parte de fiéis e setores da sociedade civil, que vê nesta aproximação entre religião e governo o perigo da secularização do cristianismo atual e o envolvimento destes líderes em escândalos de corrupção. Constantemente, temos visto em jornais e revistas fotos do presidente da república com líderes de grandes denominações evangélicas do país. Alguns destes líderes já são alvos de investigações de corrupção e lavagem de dinheiro; algo que não é difícil de acontecer em instituições religiosas, que parecem ainda viver à sobra dos poderes públicos, recebendo perdão de dívidas milionárias, sendo isentas de impostos e o lugar preferido dos políticos da atualidade, onde deixam ofertas generosas sem explicar em detalhes a origem do dinheiro. Ademais, a influência destes líderes, claro, começa pelo voto cativo dos seus fiéis e vai até à condução do governo como temos presenciado no cenário atual - os po